español português english email
Tapauá: 50 anos construindo Igreja e Sociedade
Março 2016

Encontro formativo da Pastoral da terra na reserva de Abufarí.

Historia e atualidade da Paróquia de Santa Rita: As prioridades pastorais

Até a última década do século XX

Até 1991 houve uma atenção muito especial às Comunidades de Base, à Pastoral Indigenista, à Pastoral da Terra e aos movimentos populares. Isto resultou em:

Aumento significativo de presença na zona rural com equipes itinerantes de trabalho que formaram comunidades de base nos seringais mais importantes do Purus. Somente as pequenas comunidades mais isoladas, ou aquelas que procediam de uma cultura protestante, ficaram de lado. Também aumentou o número de capelas ou edifícios que serviam de escola, centro social e capela para a comunidade.

A maior parte das etnias indígenas conseguiu iniciar e, com o tempo, completar as delimitações de suas terras. As denúncias do Conselho Indigenista Missionário (CIMI) e as visitas frequentes, propiciaram um reconhecimento efetivo dos direitos e da cultura indígena. Algumas destas relações, especialmente as do Tapauá e Cunhuã, apesar de estar em território de Tapauá, foram coordenadas desde a equipe de Pastoral Indigenista de Lábrea. Somente houve tensões significativas na hora de delimitar a aldeia Apurinã de São João, com a sede do município. A população temia um recorte nas possibilidades de expansão da cidade. Somente uma comunidade não indígena, Enseada, teve que desaparecer para não ocupar terras pertencentes aos índios, no ano de 2014.

O enfrentamento e inclusive a violência entre indígenas e não indígenas na zona rural deixou de existir. A Igreja Católica colaborou para que vissem e entendessem que tinham muito em comum. Eram vítimas da apropriação de terras por parte dos patrões e empresas, de barcos de pesca intensiva nos lagos e igarapés, do esquecimento das autoridades e da falta de serviços de saúde e educação. A Igreja os ajudou a unir forças e serem salvaguardas da selva com um uso racional não explorador. Onde existe uma comunidade de indígenas ou de ribeirinhos, não há nem desmatamento nem perda de riqueza biológica.

Mesmo que a Prelazia tenha conseguido importantes avanços em matéria de movimentos sociais, especialmente em Lábrea e Pauini, em Tapauá nunca houve uma rede associativa importante de sindicatos e cooperativas. Um exemplo é a tentativa continuada de fazer um sindicato de lavadeiras: não queriam se associar por medo a perder clientes que contratariam às que não estivessem associadas.

Historia e atualidade da Paróquia de Santa Rita. As prioridades pastorais:
O amanhecer do século XXI


menu portada noticias reportajes agenda documentos nosotros material gráfico misiones escribenos intranet Entra y verás
Agostinianos Recoletos. Província de São Nicolau de Tolentino. Paseo de la Habana, 167. 28036 -Madrid, Espanha. Fone: 913 453 460. CIF: R-2800087-E. Inscrita no Registro de Entidades Religiosas do Ministério de Justiça, número 1398-a-SE/B. Política de privacidade.
Busca.