español português english email
Primeira Profissão Solene de um agostiniano recoleto em Manaus


Primeira Profissão Solene de um agostiniano recoleto em Manaus
30-10-2017 Brasil
Dia 20 de outubro, festa de santa Madalena de Nagasaki, a paróquia Santa Rita de Cássia de Manaus, Amazonas, se vestiu de festa. Era a primeira vez que se celebrava uma Profissão Solene, motivo pelo qual reinava nos paroquianos um sentimento de alegria e curiosidade ante a consagração definitiva do agostiniano recoleto Diego Méndez Granados.

A comunidade religiosa cuidou de todos os detalhes, principalmente da celebração litúrgica. Dois meses antes começaram os ensaios do coral paroquial, dirigido por Diego Méndez Granados, e no dia da profissão interpretou musicas agostinianas e amazonenses. Algumas das estrofes do canto de entrada, a melodia da ladainha e a antífona de consagração, foram compostas pelo próprio Diego, que faria sua Profissão Solene.

Enquanto a equipe da cozinha preparava o lanche para a confraternização, que se ofereceu depois da Celebração da Eucaristia, outra equipe de trabalho enfeitava a Igreja com cuidado e carinho. O altar e o tapete onde Diego se prostraria, estavam cheios de flores. O presbitério se dispôs para facilitar a participação e localização do presidente da Eucaristia, Dom José Albuquerque, bispo auxiliar de Manaus, e os concelebrantes.

Estavam presentes sacerdotes diocesanos das paróquias vizinhas, a comunidade religiosa (René González, Manuel Silva e Refugio González); José García Corcuera, delegado do Brasil; o formador do postulantado dos agostinianos recoletos em Franca SP,  Wesley Silva, e o mais jovem membro da comunidade manauara, Jorge Quirós, que está aprendendo português para depois ir à paróquia de Tapauá, na Prelazia de Lábrea.

Às 18.30 iniciou a celebração, demonstrando ordem e a beleza litúrgicas. A Igreja estava cheia de paroquianos com os quais a comunidade dos freis compartilha diariamente a fé. Estiveram presentes Daniela e Mercedes Rivera, irmã e prima, respectivamente, de Diego Méndez.

O salmo responsorial foi cantado pelo o próprio Diego. A homilia foi especial, com palavras sábias e cheias de carinho. Dom José pediu a frei Refugio González que falasse para a assembleia sobre a figura de santa Madalena de Nagasaki.

O prior da comunidade e pároco René González, foi delegado pelo prior provincial Sergio Sánchez para receber os votos de Diego. As testemunhas foram Refugio González e Manuel Silva, que fizeram a chamada do neo-professo. José García Corcuera, delegado do prior provincial no Brasil, realizou o interrogatório. Um dos momentos mais emocionantes foi o canto da ladainha, durante o qual reinou um ambiente de oração, acompanhado pela beleza do canto. Depois de pronunciar a fórmula da Profissão diante de frei René e assinada sobre o altar junto com as testemunhas, Diego se dirigiu ao centro da Igreja para cantar uma antífona: “Eu sou teu filho, recebe-me, oh Senhor; e minha boca cantará teus louvores”. Depois se colocou de joelhos para receber a benção solene de consagração; a continuação seguiu um dos momentos mais emotivos: o abraçou fraterno de seus irmãos agostinianos recoletos.

Diego, Wesley e Jorge apresentaram as ofertas. A Celebração da Eucaristia continuou como de costume aqui no Amazonas: animada e participativa.

Depois da comunhão, o prior da comunidade, René González, dirigiu umas palavras de agradecimento. Em seguida Diego também agradeceu aos presentes e compartilhou seu testemunho de vida. Depois os jovens agostinianos recoletos (JAR) cantaram a versão portuguesa de: “Ante omnia”, musica do compositoragostiniano recoleto José Manuel González Durán. Seguiu-se o de forma espontânea “Parabéns pra você”, os coroinhas entraram com o bolo.

A bênção solene encerrou o bonito ato litúrgico, seguiu-se um lanche de confraternização oferecido pela comunidade, nos jardins da igreja.

Diego Méndez Granados, de 33 anos de idade e natural de Costa Rica, chegou a Manaus em julho de 2015. Desde esta data, conciliou seus estudos, primeiro de Teologia e agora de Psicologia, com o trabalho pastoral, dedicando-se principalmente à orientação vocacional, acompanhamento dos grupos de jovens e a formação dos leigos, e desenvolvendo junto a seus irmãos de comunidade um árduo trabalho na paróquia, considerada uma das mais vivas e ativas da Arquidiocese de Manaus.




E você, o que acha?

menu portada noticias reportajes agenda documentos nosotros material gráfico misiones escribenos intranet Entra y verás
Agostinianos Recoletos. Província de São Nicolau de Tolentino. Paseo de la Habana, 167. 28036 -Madrid, Espanha. Fone: 913 453 460. CIF: R-2800087-E. Inscrita no Registro de Entidades Religiosas do Ministério de Justiça, número 1398-a-SE/B. Política de privacidade.
Busca.