espaol portugus english email
Neste “Ano da Santidade” agostiniano-recoleta retornemos ao coração onde podemos encontrar Cristo


Neste “Ano da Santidade” agostiniano-recoleta retornemos ao coração onde podemos encontrar Cristo
28-08-2017
O prior geral frei Miguel Miró Miró, com motivo da festa de Santo Agostinho, dirige a toda a familia agostiniano-recoleta uma mensagem feita oração e, lembrando as palavras do Papa Francisco, anima a todos a refletir na própria vida “o ideal dos primeiros cristãos, sendo profecia viva da comunhão neste mundo nosso para que não haja divisão, nem conflitos nem exclusão, mas reine a concórdia e se promova o diálogo”.
A toda a Família agostiniano-recoleta

Celebremos com gratidão e alegria a solenidade de santo Agostinho.

Neste Ano da Santidade acerquemo-nos com confiança de Agostinho:  pai, mestre, amigo e companheiro em nossa caminhada. Nele encontramos sempre a inspiração evangélica e a força integradora do carisma que nos une em Cristo, criando comunhão.Agostinho, ensina-nos a retornar ao coração

Os santos da Ordem e muitos cristãos de todas as épocas aprenderam de Agostinho a viver, rezar e amar. Também nós precisamos que o Bispo de Hipona nos ensine a procurar a Verdade, retornando ao nosso coração onde podemos encontrar Cristo, “beleza sempre antiga e sempre nova”. Como Agostinho, também nós precisamos da graça de Cristo, do amor do Pai e da sabedoria que procede do Espírito, para avançar pelos caminhos da interioridade, do amor e da paz.

Agostinho, guie-nos para sermos criadores de comunhão

Depositemos nossa esperança na misericórdia do Senhor e peçamos que ele nos infunda seu Espírito para “manter com espírito renovado o sonho de santo Agostinho de viver como irmãos «com um só coração e uma só alma» (Regra 1, 2), refletindo o ideal dos primeiros cristãos e sendo profecia viva da comunhão neste mundo, para que não haja divisão, nem conflitos nem exclusão, mas reine a concórdia e se promova o diálogo” (Francisco, Discurso ao 55º Capítulo dos Agostinianos Recoletos).

Precisamos que Agostinho nos guie e nos faça abandonar nossos esquemas de sempre, para conhecer cada vez melhor a Jesus. Aprendamos de nosso pai a ser criadores de comunhão, a dialogar em comunidade, a fazer propostas de vida e esperança, a trabalhar pela paz e a ser solidários com os mais pobres. Peçamos a Agostinho que nos ensine a tomar a sério a formação de cada dia, feita de oração, estudo e serviço. Que ele nos ajude a ser coerentes e corajosos na missão de anunciar o Evangelho e construir o Reino de Deus.

Faz-nos singelos e generosos


Santo Agostinho,

ensina-nos a ser humildes e agradecidos

para reconhecer os dons do Senhore

a ser generosos para compartilhá-los com alegria.

Tu, que és luz evangélica para tantas gerações,

caminha hoje conoscoe

ilumina nossos caminhos e processos de revitalização.

Ajuda-nos a discernir a vontade de Deus

e a tomar as decisões acertadas

em resposta ao chamado da Igreja

e às necessidades da humanidade. Amém.



Que o Senhor renove na família agostiniano-recoleta o espírito infundido em santo Agostinho, para que vivamos unidos em Cristo e anunciemos o Evangelho com esperança e alegria.

Fr. Miguel Miró Miró, Agostiniano recoleto




E você, o que acha?

menu portada noticias reportajes agenda documentos nosotros material gráfico misiones escribenos intranet Entra y verás
Agostinianos Recoletos. Província de São Nicolau de Tolentino. Paseo de la Habana, 167. 28036 -Madrid, Espanha. Fone: 913 453 460. CIF: R-2800087-E. Inscrita no Registro de Entidades Religiosas do Ministério de Justiça, número 1398-a-SE/B. Política de privacidade.
Busca.