espaol portugus english email
O Centro Esperança de Pauini recebe ajuda da Diocese de Mérida-Badajoz


O Centro Esperança de Pauini recebe ajuda da Diocese de Mérida-Badajoz
17-02-2017 España
Além dos 4.000 euros que serão destinados ao funcionamento do Centro Esperança de Pauini, o Fundo Diocesano de Solidariedade também tem aprovado uma subvenção de 5.000 euros para bolsas de estudo de seminaristas da Diocese de Chachapoyas, onde é bispo o agostiniano recoleto Emiliano Antonio Cisneros.
A Arquidiocese de Mérida-Badajoz financiará este ano total ou parcialmente projetos de Solidariedade. Este Fundo se forma com o 1% do orçamento das instituições desta Igreja local, aos que se somam donativos de pessoas e outras instituições. O total das ajudas chega a 53.500€, que se tem distribuído em dez projetos, situados tanto dentro das diocese (três deles) como em Bolívia, Brasil, Congo, Honduras, Nicarágua e Peru.

A Ordem dos Agostinianos Recoletos está representada em dois destes projetos. Assim, graças às gestões e proposta de uma voluntária da Comissão de Missões e Desenvolvimento Social da Província de São Nicolau de Tolentino, se tem concedido 4.000 euros para o Centro Esperança de Pauini (Amazonas, Brasil), dedicado à formação semiprofissional e apoio escolar de crianças em situação de vulnerabilidade social.

Assim mesmo, se tem outorgado 5.000 euros para bolsas de estudos para seminaristas maiores da Diocese de Chachapoyas (Peru). A solicitação chegou do próprio bispo de Chachapoyas, o agostiniano recoleto Emiliano Cisneros.

Também, com motivo do Ano da Misericórdia, a Arquidiocese assumiu o gesto concreto de apoiar outros três projetos, para os quais se tem obtido 71.729,13€. Com estes recursos se construirá um colégio em Zimbábue, funcionará um centro agrário em El Salvador e se manterá um projeto devida e de convivência de Cáritas Diocesana da mesma diocese de Badajoz.

A apresentação ante a diocese, do projeto do Centro Esperança, se levou a efeito através da enfermeira e fisioterapeuta Yolanda Agudo, que já participou num voluntariado na Cidade dos Meninos de Costa Rica e agora mesmo se prepara com a Comissão de Missões e Desenvolvimento Social para participar de um novo voluntariado no Centro de Acompanhamento e Recuperação de Desenvolvimento Integral (CARDI) da Cidade de México.

O vigário episcopal da Diocese de Mérida-Badajoz, Francisco Maya, foi o encarregado de comunicar a aprovação desta ajuda em nome de Celso Morga, arcebispo. Para isso tem assinado um convênio de colaboração entre a Diocese extremenha e a Província de São Nicolau de Tolentino da Ordem dos Agostinianos Recoletos, que inclui os procedimento de recebimento da ajuda, justificação de gastos e comprovação do uso dos mesmos.


E você, o que acha?

menu portada noticias reportajes agenda documentos nosotros material gráfico misiones escribenos intranet Entra y verás
Agostinianos Recoletos. Província de São Nicolau de Tolentino. Paseo de la Habana, 167. 28036 -Madrid, Espanha. Fone: 913 453 460. CIF: R-2800087-E. Inscrita no Registro de Entidades Religiosas do Ministério de Justiça, número 1398-a-SE/B. Política de privacidade.
Busca.